Até os 30 anos de idade o corpo humano acumula cálcio. Depois, ele passa a consumir as reservas que armazenou.

Alimentação adequada é fundamental para prevenir a perda de massa óssea

Alimentação adequada é fundamental para prevenir a perda de massa óssea

Alguns nutrientes são de extrema importância para a prevenção da perda de massa óssea, o que pode levar à osteoporose. Além do cálcio, algumas vitaminas exercem papel importante nesta equação. É o caso da vitamina D, metabolizada a partir do contato com o sol, da vitamina A e da vitamina K2 – estas últimas encontradas em alimentos.


Felizmente, a natureza nos presenteia com alimentos que são ricos tanto em cálcio quanto nestas vitaminas. E uma forma de demonstrarmos gratidão é consumí-los, não é mesmo? Estamos falando de vegetais de folhas escuras, como brócolis, espinafre e couve.


E também dos coloridos, como cenoura, tomate, pimentão e abóbora, entre outros. Estes últimos são integrantes da família dos carotenoides, vegetais ricos em minerais e vitaminas antioxidantes – ou seja, que exercem papel fundamental no combate ao envelhecimento celular e na prevenção de doenças, com câncer, arteriosclerose e também a osteoporose.


Apesar de não ser colorida, a cebola também é importante aliada da estrutura óssea forte e resistente. Estudos recentes realizados na Europa indicam que o consumo diário de cebola cozida (cerca de um grama) ajuda a conservar o cálcio da estrutura óssea.


Além da alimentação, a suplementação também pode ser ideal para ajudar o organismo a manter o cálcio em níveis adequados no sangue e nos ossos.


E o que evitar? Se existem alimentos que colaboram para a oferta de cálcio para o organismo, outros “jogam contra” e acabam prejudicando esta equação. Bebidas ricas em cafeína (café e chá preto, por exemplo) e o excesso de sal nas refeições dificultam a absorção do cálcio e acabam por acelerar a perda de massa óssea.


O mesmo vale para o álcool, que deve ser sempre consumido com moderação. Já o tabagismo deve ser evitado ou abandonado. O tabaco e produtos químicos adicionados ao cigarro também colaboram para a má absorção do cálcio e a perda da rigidez e resistência dos ossos e dentes.

Referências:

Laura Tavares. 10 alimentos de cálcio que não contêm leite. In: Minha Vida [http://www.minhavida.com.br]. Acesso em 2017 Mai 18. Disponível em: http://www.minhavida.com.br/alimentacao/galerias/16122-10-alimentos-fonte-de-calcio-que-nao-contem-leite
Tatiana Zanin. Alimentos ricos em cálcio. In: Tua Saúde [https://www.tuasaude.com]. Acesso em 2017 Mai 18. Disponível em: https://www.tuasaude.com/alimentos-ricos-em-calcio
Sociedade Brasileira de Reumatologia. Cuidados dietéticos na prevenção e no tratamento da perda óssea. In Sociedade Brasileira de Reumatologia: [http://reumatologia.org.br]. Acesso em 2017 Mai 18. Disponível em: http://reumatologia.org.br/www/2014/05/06/cuidados-dieteticos-na-prevencao-e-no-tratamento-da-perda-ossea

Onde comprar

lojas virtuais

Compre e receba CALCITOTAL sem sair de casa

Logotipo da drogasil Logotipo da Drogaraia logotipo da araujo
Logotipo na Nissei Logotipo da venancio Logotipo da paguemenos

 

Lojas físicas

Descubra onde comprar CALCITOTAL perto de você

Ativar localização atual