Você está em:

Quais são algumas das causas mais frequentes de dor e inchaço nas pernas?

Má circulação, varizes, excesso de esforço físico são alguns dos fatores que trazem desconforto para suas pernas. Saiba como identificá-los.

Pernas cansadas, dores e inchaço delas podem ter diversos motivos. As causas podem ter origem nos nervos, nas articulações ou ainda vasculares, quando estão relacionadas aos vasos sanguíneos. As populares varizes costumam ser o tipo mais comum dos casos e tem sua origem vascular. Para entender melhor as causas, sintomas e tratamentos das varizes nas pernas, separamos um material especial que poderá explicar a origem e aliviar a dor nas pernas relacionadas às varizes.

Banner Venocurfit

ESCLARECIMENTOS BÁSICOS

1. O QUE É A DOENÇA VENOSA CRÔNICA?

A Doença Venosa Crônica (DVC), também conhecida como insuficiência venosa crônica, é o nome que se dá a uma condição conhecida popularmente como má circulação do sangue nas veias. Acontece, principalmente, nos membros inferiores e tende a agravar-se com o avançar da idade. Inclui desde as pequenas dilatações venosas da pele (chamadas “microvarizes”) até as dilatações venosas mais calibrosas (veias varicosas), que podem se agravar a ponto de causarem alterações na pele dos membros inferiores, como escurecimento, alteração da textura por fibrose, irritação, inflamação (eczema) e úlcera.

O QUE É A DOENÇA VENOSA CRÔNICA?

2. Quais são as causas da doença venosa crônica e varizes dos membros inferiores?

Muitos estudos já foram feitos para determinar a causa das varizes e sobre sua origem, mas a medicina ainda não chegou a um diagnóstico preciso sobre esse assunto. Entretanto, todos concordam que alguns fatores de risco propiciam a incidência dos casos, as causas podem ser:

Enfraquecimento da parede da veia

GENÉTICA:

enfraquecimento da parede da veia (de qualquer calibre) e das válvulas venosas; redução do número de válvulas nas veias superficiais e profundas da perna.
trombose venosa
Após formação de um trombo no interior da veia (trombose venosa).
Por defeito nas veias durante o desenvolvimento fetal
Por defeito nas veias durante o desenvolvimento fetal (malformações).

 

3. Como se formam as varizes

Depois que o sangue irriga os membros inferiores, as veias das pernas reconduzem-no ao coração com o auxílio de válvulas, que ajudam o líquido a vencer a gravidade. A válvula abre-se para o sangue passar e fecha-se para não permitir que ele retorne. Quando as válvulas não funcionam com eficiência, o sangue “empoça” nas veias provocando as deformações. Esse processo provoca mais dilatação e mais refluxo e leva à formação de varizes. A idade ou os fatores hereditários colaboram para que as veias também percam elasticidade.

COMO SE FORMAM AS VARIZES

4. Quais as consequências provocadas pela doença venosa crônica na circulação?

Quando ocorre uma dilatação anormal da veia, há uma diminuição da velocidade do sangue no interior do vaso (estase). Como resultado imediato, a pressão dentro da veia aumenta e, com o passar do tempo, aparecem os sintomas que, normalmente, levam o paciente a procurar ajuda médica. Entre as complicações mais comuns, temos ulcerações na pele, coágulos que podem ocasionar uma trombose venosa que traz riscos de embolia pulmonar e pode ocasionar a morte, pele seca, esticada, inchada e com coceira, além de frágil, se machucando facilmente, entre outros males.

Banner Venocurfit

5. Quais são as principais manifestações das varizes?

As manifestações da Doença Venosa Crônica variam em intensidade de acordo com o grau e a extensão do acometimento do sistema venoso dos membros inferiores. As principais são: dor, sensação de peso e cansaço nas pernas, queimação, ardência e prurido nas regiões em que as veias estão dilatadas e câimbras noturnas frequentes.

Os sintomas apresentados pelo comprometimento das veias profundas são mais intensos e mais graves dos que resultam do comprometimento das veias superficiais.

QUAIS SÃO AS PRINCIPAIS MANIFESTAÇÕES DAS VARIZES?

O que piora as Varizes?
Posição de pé ou sentada por tempo prolongado.
Obesidade.
Gravidez.
Uso de hormônio (anticoncepcionais).
Calor ambiental.
Sedentarismo.
Como aliviar as Varizes?
Medicamentos (venotônicos).
Meias elásticas.
Redução de peso.
Exercícios.
Repouso com as pernas elevadas.

6. Dicas para combater os sintomas da doença venosa crônica e varizers

Perder peso.
Preferir uma alimentação rica em fibras para evitar a constipação intestinal.
Procurar não permanecer muito tempo parado em pé ou sentado.
Não usar cintas abdominais apertadas.
Praticar atividades físicas, como caminhadas, ou exercícios com supervisão médica.
Não fumar.
Usar meias elásticas apropriadas, principalmente durante a gravidez.
Exercícios.
Evitar tomar pílulas anticoncepcionais ou medicamentos à base de hormônios.
Consultar regularmente seu médico.

DICAS PARA COMBATER OS SINTOMAS DA DOENÇA VENOSA CRÔNICA E VARIZES

Fontes consultadas::

Castro Santos MER. Insuficiência Venosa Crônica - Conceito, Classificação e Fisiopatologia. In: Brito CJM e cols. Cirurgia Vascular - Cirurgia Endovascular - Angiologia. 3ed. Livraria e Editora Revinter Ltda. 2014. p. 1791-1803.

França LHG, Tavares V. Insuficiência venosa crônica. Uma atualização. J Vasc Br 2003;2(4):318-28.

Referências:

  1. Castro Santos MER. Insuficiência Venosa Crônica - Conceito, Classificação e Fisiopatologia. In: Brito CJM e cols. Cirurgia Vascular - Cirurgia Endovascular - Angiologia. 3ed. Livraria e Editora Revinter Ltda. 2014. p. 1791-1803.
  2. França LHG, Tavares V. Insuficiência venosa crônica. Uma atualização. J Vasc Br 2003;2(4):318-28.