Você está em:

Varizes masculinas: homens também podem ter doença venosa

O problema não é exclusividade das mulheres, saiba como prevenir e tratar as varizes em homens

Muitos acreditam que as varizes são mais comuns em mulheres, mas a verdade é que até um quinto dos homens terá algum grau da doença ao longo da vida. As varizes em homens têm a mesma origem que as varizes em mulheres, apesar delas terem mais fatores de risco para desenvolver a doença. A única diferença das varizes masculinas é que os homens demoram mais a cuidar e só recorrem ao médico quando as dores ficam crônicas. Portanto, tratar as varizes em homens tem as mesmas indicações para as mulheres. As varizes masculinas costumam afetar as pernas, a doença venosa é mais difícil de ser visível por causa dos pelos. Veja a seguir o sistema venoso masculino:

saiba como prevenir e tratar as varizes em homens

VENOCUR

SIM. HOMENS TAMBÉM TÊM VARIZES.

A doença venosa, cuja manifestação mais frequente são as varizes, ocorre quando a pressão nas veias aumenta e há dificuldade do retorno do sangue para o coração. Acontece, principalmente, nos membros inferiores e suas formas de manifestação mais comuns são: dor, sensação de peso e cansaço nas pernas, queimação, ardência nas regiões em que as veias estão dilatadas e eventualmente câimbras noturnas e coceira.

SIM. HOMENS TAMBÉM TÊM VARIZES

Quais são os sintomas e os sinais da doença venosa?

Dor tipicamente em peso, queimação ou cansaço, especialmente ao fim do dia.
Nos estágios intermediários, é possível identificar inchaço e escurecimento da pele ao redor do tornozelo.
Nos casos extremos, há a presença de úlceras.

QUAIS SÃO OS SINTOMAS E OS SINAIS DA DOENÇA VENOSA?

O que causa as varizes?

São vários os fatores de risco que podem desencadear ou facilitar o aparecimento da doença venosa:

O QUE CAUSA AS VARIZES?

Como evitar as varizes?

Com alguns cuidados, é possível retardar e em alguns casos até evitar o desenvolvimento ou agravamento da doença venosa. Confira:

COMO EVITAR AS VARIZES?

Banner Venocurfit

Como melhorar a circulação e evitar o avanço das varizes?

COMO MELHORAR A CIRCULAÇÃO E EVITAR O AVANÇO DAS VARIZES?

A doença venosa é crônica e não há, até o momento, uma cura. Os tratamentos visam à melhora dos sinais e sintomas e estão divididos em três grupos principais:

Cirurgia convencional.
Tratamento percutâneo ou minimamente invasivo.
Tratamento com medicamento ou conservador.

Converse com seu médico angiologista ou cirurgião vascular para que vocês possam escolher a melhor opção para seu caso.



Infografico-Doenca_Venosa-Cronica.pdf (PDF 500kb)


 

Fontes consultadas:

Agus GB, Allegra C, Arpaia G, et al. Guidelines for the diagnosis and treatment of chronic venous insufficiency. Italian College of Phlebology. Int Angiol. 2001;20(2 Suppl 2):1-37.

Haimovici H. Haimovici’s vascular surgery. 5. ed. Malden, Massachusetts: Blackwell Publishing; 2004. Maffei FHA, Lastoria S, Yoshida WB, Rollo HA. Doenças vasculares periféricas. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: Medsi; 2002. Onida S, Davies AH. Varicose veins: diagnosis and management. Nurs Times. 2013 Oct;109(41):16-7.

Rutherford RB. Vascular surgery. 6. ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2005.

Referências:

  1. Agus GB, Allegra C, Arpaia G, et al. Guidelines for the diagnosis and treatment of chronic venous insufficiency. Italian College of Phlebology. Int Angiol. 2001;20(2 Suppl 2):1-37.
  2. Haimovici H. Haimovici’s vascular surgery. 5. ed. Malden, Massachusetts: Blackwell Publishing; 2004.
  3. Maffei FHA, Lastoria S, Yoshida WB, Rollo HA. Doenças vasculares periféricas. 3. ed. Rio de Janeiro, RJ: Medsi; 2002.
  4. Onida S, Davies AH. Varicose veins: diagnosis and management. Nurs Times. 2013 Oct;109(41):16-7.
  5. Rutherford RB. Vascular surgery. 6. ed. Philadelphia, PA: Elsevier Saunders; 2005.