Você está em:

Dê valor ao seu lazer: valorize as horas vagas!

O ritmo de vida nas grandes cidades hoje é cada vez mais intenso. Isso faz com que as pessoas fiquem expostas a muitas situações extremas, de pressão psicológica e expectativas das mais diversas origens, que contribuem para aumentar o estresse diário. Por isso, é importante saber dosar as horas de atividades produtivas com o descanso, para repor as energias e se preparar para voltar ao trabalho.

A concentração excessiva no trabalho pode acarretar problemas sérios de saúde, como hipertensão arterial, má alimentação e crises de estresse. Muitas vezes, essas consequências extrapolam o círculo profissional e invadem a vida pessoal. Separar os dois mundos pode parecer fácil, mas é uma tarefa complicada, ainda mais com o avanço da tecnologia, que permite às pessoas acessar e responder e-mails de trabalho a qualquer momento e em qualquer lugar por meio do celular e outros dispositivos.

Para fugir dessas armadilhas, o conselho é evitar as telas nos horários livres. Fazer uma atividade física, ler, meditar, encontrar com amigos, tudo isso vale para repor as energias e aproveitar melhor as horas vagas. Antes, entretanto, é preciso se organizar no trabalho, para que nenhuma pendência lhe preocupe. Resolva tudo o que tiver que resolver antes de deixar o trabalho, e deixe para o outro dia o que não der para resolver hoje.

O passo seguinte é se programar. Foque no que deseja fazer, anote em uma lista as coisas que tem vontade de colocar em prática, lugares que quer visitar, etc.. Anote também o tempo necessário para cada atividade. Coloque na lista até aquilo que você pode acabar não fazendo, mas que em outra oportunidade poderá aproveitar.

É importante também encarar a lista de maneira leve. Isso não significa deixá-la de lado, mas não levá-la tão a sério a ponto de virar mais uma tarefa, como se fosse mais um trabalho. Se quiser ficar mais tempo na praia, fique. Se quiser dormir um pouco mais, durma. Não imponha um ritmo frenético nos momentos que devem ser relaxantes.

Reservar um tempo só para si também é fundamental, seja nas férias ou em uma folga. Mas não deixe de chamar uma boa companhia para suas atividades ao ar livre, pois ter com quem conversar e dividir experiências é sempre mais divertido. Use seu tempo livre para experimentar coisas novas. Um novo tipo de comida, um novo exercício, viajar para um lugar diferente e aprender uma língua estrangeira são alguns exemplos. Essas atividades são estimulantes e despertam interesse em buscar mais experiências novas. Respirar novos ares ajuda a renovar as energias e a aliviar o estresse.

Estudos comprovam que o tempo livre bem aproveitado ajuda na parte criativa e no desempenho no trabalho em geral. Voltar revigorado para o trabalho dará mais motivação e seu chefe poderá perceber isso. Passe um tempo com a família e amigos, descubra mais coisas que eles gostam e que vocês tenham em comum. Conhecer mais as pessoas ao seu redor nunca é demais. E lembre-se: divirta-se sem moderação:

Dicas para aproveitar melhor seu tempo livre:

o-que-fazer-nas-horas-vagas1
o-que-fazer-nas-horas-vagas2
o-que-fazer-nas-horas-vagas3

Referências:

Por Gabriela Lopes (MTB: 36056-RJ)

Revisão técnica: Revisão técnica: Guilherme Sargentelli (CRM: 541480-RJ)

  1. Aquino CAB, Martins JCO. Ócio, lazer e tempo livre na sociedade do consumo e do trabalho. Rev. Mal-Estar Subj. Fortaleza. [Internet]. 2007 Out [Acessado em: 24 out 2017]. Disponível em: http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1518-61482007000200013.
  2. Russell B. O elogio ao ócio. Rio de Janeiro: Sextante; 2002

 

Conteúdo revisado em Out./2017 e é destinado ao público em geral.